Gestão de qualidade e melhoria no IDEB

10/09/2018 | Conviva Educação

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) divulgou os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de 2017. Criado em 2007, esse indicador é composto pelos resultados do fluxo escolar (obtido pela aprovação do Censo Escolar) e das médias de desempenho dos estudantes de 5º e 9º anos nas avaliações do Inep – no caso dos municípios, a Prova Brasil.

Embora não seja a única forma de avaliar a aprendizagem dos estudantes e a qualidade do serviço prestado pelas escolas, é um indicador muito esperado: ele permite, de forma rápida e mesmo por leigos em educação, o acompanhamento de quanto os municípios e as escolas avançaram em relação a anos anteriores e a outras localidades e escolas.

Abaixo, você encontra as experiências de três secretarias de educação que têm se esforçado para fazer uma gestão da educação de qualidade: Lago do Junco (MA), Lagoinha do Piauí (PI) e Valparaíso de Goiás (GO). Nos últimos dias, as equipes vibraram com a melhorias no IDEB e dividiram essa alegria com a reportagem do Conviva, conforme você lê a seguir.

 

Em Lago do Junco, Maranhão, as ações são articuladas desde 2013

“Quando a secretaria está organizada, é possível fazer uma gestão pedagógica de qualidade. Por isso, procuramos deixar satisfatórios os serviços de merenda para que as crianças estejam bem alimentadas e se desenvolvam, assim como o de transporte, permitindo que os pequenos cheguem na escola pontualmente e aprendam melhor.

      

Notícias Relacionadas